Por Digifarma em 25/01/2017 09:22:19

Atitudes que podem impulsionar o negócio

Em tempos de crise, saiba como colocar a empresa em ótima posição


gestao

 

A crise já não é mais novidade para ninguém. No entanto, as maneiras de driblá-la e superá-la se mostram cada vez mais criativas e inovadoras. A alta do dólar, o mercado instável, a crise econômica, e outros fatores deixam em alerta todas as empresas do País.

 

Segundo explica o consultor e sócio da TIEX, Fábio Yamamoto, é preciso fazer uma reflexão: o que realmente importa? O que efetivamente deve ser feito para sair de "de pé" da crise e mais fortalecido?

 

Veja abaixo dez dicas sobre como impulsionar o seu negócio:

1. Pense grande: ter grandes aspirações dará a dimensão dos grandes desafios que precisará enfrentar para fazer seu negócio prosperar.

 

2. Não estabeleça metas impossíveis: muitos empreendedores acabam “perdendo o gás” por estabelecer metas inatingíveis.

 

3. Motive seus colaboradores: é fundamental para o sucesso. Funcionários desmotivados significam menor produtividade, propaganda negativa e consequentemente prejuízos.

 

4. Uma hora vai: resiliência, perseverança, persistência. É preciso estar preparado para enfrentar as piores tempestades para aproveitar a bonança.

 

5. Cliente é a razão de tudo: não se trata aqui da velha máxima “o cliente sempre tem a razão”, e sim de cativar, fidelizá-lo através da excelência no produto ou serviço.

 

6. Se Incomode, não se acomode: sempre é possível ir além, sempre é possível melhorar, aprimorar, manter a aquele pequeno desconforto de que é possível fazer mais.

 

7. Você terá inúmeros chefes: cobrar-se como executivo é importante, do contrário, a acomodação, e consequentemente a ruína, poderá fazer parte do seu futuro como empreendedor.

 

8. Dividir para conquistar: dividir o bolo não deve ser encarado como algo negativo, como uma perda, pois o objetivo é ter um pedaço menor de algo muito maior.

 

9. Pense de forma perene: avaliar o impacto que as ações presentes terão sobre o futuro da empresa pode fazer a diferença. Inclusive, pode definir se vale a pena continuar o negócio ou não.

 

10. Planejamento e mais planejamento: para colocar todas essas atitudes em prática é necessário planejar. Planejamento tem que ser feito de forma criteriosa e deve ter utilidade, não ser feito apenas porque consta nos manuais de administração.

 

Fonte: Guia da Farmácia


A DIGIFARMA

    No mercado de Programas de Farmácia há mais de 15 anos, O Sistema Digifarma está em constante crescimento. Com empenho dos profissionais e parceria com seus clientes, busca desenvolver um software cada vez melhor, mais robusto e completo. Com um sistema totalmente seguro e integrado, de forma a atender todas as demandas de sua loja em um único software.