Por Digifarma em 15/10/2015 09:51:12

Como o farmacêutico pode ajudar no combate aos problemas do coração?

Abordagem multidisciplinar ajuda a aumentar a adesão às medidas de prevenção


Noticias DigifarmaFarmacêuticos são profissionais de saúde devem estar envolvidos nas políticas de combate às doenças cardiovasculares. A aprovação do projeto de lei substitutivo do PL 4385/94, que visa regulamentar os serviços de atenção farmacêutica, vem ao encontro desse raciocínio e busca mudar um paradigma.

 

“Existe uma cultura no Brasil de que o papel da farmácia é só vender medicamento, enquanto ela deveria ser transformada em uma unidade da saúde”, acredita o cardiologista da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), Dr. Carlos Alberto Machado. “Além de vender, os farmacêuticos deveriam monitorar pressão, medir glicemia e manter contato direto com médicos.”

 

A abordagem multidisciplinar ajuda a aumentar a adesão às medidas de prevenção e ao tratamento medicamentoso. Outras possíveis medidas que poderiam ser adotadas dentro da farmácia é a capacitação do profissional para identificar paciente de risco e a distribuição de cartilhas informativas entre os consumidores.

 

Conheça os fármacos mais utilizados no tratamento de problemas no aparelho circulatório:

• Estatinas: usadas na redução dos níveis de colesterol.

• Anti-inflamatórios: ajudam a afinar o sangue e facilitam a circulação.

• Insulinas: necessárias para o controle da glicemia.

• Ações não medicamentosas: combater o sedentarismo, o tabagismo, a má alimentação e o excesso de peso.


Fonte: Guia da Farmácia


A DIGIFARMA

    No mercado de Programas de Farmácia há mais de 15 anos, O Sistema Digifarma está em constante crescimento. Com empenho dos profissionais e parceria com seus clientes, busca desenvolver um software cada vez melhor, mais robusto e completo. Com um sistema totalmente seguro e integrado, de forma a atender todas as demandas de sua loja em um único software.